TDAH - Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade

O TDAH é um transtorno neurobiológico, com grande participação genética, que tem início na infância e que pode persistir na vida adulta, comprometendo o funcionamento da pessoa em vários setores de sua vida. O quadro é caracterizado por três grupos de alterações: hiperatividade, impulsividade e desatenção.

A hiperatividade é o aumento da atividade motora, a pessoa hiperativa é inquieta e está quase constantemente em movimento. Nos adolescentes e adultos hiperativos o que predomina é uma sensação interna de inquietação.

Impulsividade é a deficiência no controle dos impulsos, é "agir antes de pensar". No TDAH, as reações tendem a ser imediatas, sem reflexão. Crianças e adultos impulsivos costumam ter reações súbitas .

A falta de atenção pode aparecer de diversas formas, como através de dificuldade em manter a concentração por muito tempo, cometer erros em conteúdos dominados, desvio de atenção constante e dificuldade em memorizar o que iria realizar ou qual recado passaria.

As manifestações do quadro sempre têm início na infância. A frequência com que se observa o transtorno nas crianças, varia de 3 a 10% e nos adultos estima-se que 4%.

O diagnóstico é clínico, o profissional leva em consideração o histórico familiar e pessoal, o uso de questionários e escalas de avaliação, verificando se o caso que ele está examinando atende a critérios diagnósticos necessários estabelecidos pela Associação Psiquiátrica Americana ou pela Organização Mundial de Saúde.

Bibliografia:

- Associação Brasileira do Déficit de Atenção - ABDA.

Tags:

Destaques
Posts Recentes
Procure por

RM 2014