Bem Estar Vocal


O comprometimento no estado de saúde da voz é um dos mais frequentes de saúde, que afetam diversas categorias de trabalhadores que utilizam a voz como instrumento de trabalho.

A voz tem o poder de transmitir sentimentos e emoções, sendo a forma mais utilizada de comunicação do ser humano. Ela é produzida pela vibração das pregas vocais (localizadas na laringe), a partir do ar que sai dos nossos pulmões e é então amplificada pelas regiões da garganta, boca e nariz, para então serem modificas pelas estruturas orais como a língua e os lábios, formando as palavras.

Existem determinadas categorias profissionais que dependem da voz para exercer suas atividades de trabalho, assim, para manter o bem-estar vocal, orienta-se:

- a ingestão de água regularmente em temperatura ambiente;

-falar devagar e com boa dicção;

-alimentação equilibrada;

-sono regular;

-boa postura vocal;

-uso de roupas confortáveis;

-intervalos de descanso;

-cuidar da saúde em geral.

Deve-se evitar:

-falar demais e com esforço;

-falar em ambientes ruidosos ou abertos;

-praticar exercícios físicos falando;

-gritar e rir alto;

-tossir ou pigarrear;

-cantar inadequada e abusivamente;

-ambientes empoeirados e ar condicionado;

-mudanças bruscas de temperatura;

-fumar;

-sprays e pastilhas anestésicas;

-ingerir bebida alcóolica em excesso, assim como produtos a base de cafeína, frituras e alimentos gordurosos e condimentados.

Qualquer dificuldade na produção desta voz pode ser considerada um problema, como rouquidão, cansaço ao falar, voz muito fina ou grossa e fraca ou forte, sendo necessária a busca por um profissional apto a partir da percepção destas manifestações.

Bibliografia:

-Programa Municipal de Saúde Vocal –Sp, Prefeitura Municipal de São Paulo

Destaques
Posts Recentes
Procure por

RM 2014