Buscando a diferenciação dos distúrbios de aprendizagem e a dislexia

14/02/2019

 

 

       Existem tentativas de diferenciação entre os distúrbios de aprendizagem e a dislexia. Uma das maneiras de definir o quadro é conhecer de forma completa o histórico da criança, o momento de início das dificuldades e quais eram. Também é importante conhecer a dimensão e extensão dos transtornos e seus impactos para o sujeito, desde cedo envolvendo a aquisição da linguagem oral e que antecedem a escolarização, ou mesmo a manifestação principal na área da leitura e da escrita, a partir da alfabetização.

 

          Para os distúrbios da aprendizagem podemos encontrar:

  • distúrbios fonológicos;

  • falhas em habilidades de linguagem (pragmáticas, semânticas e sintáticas);

  • Distúrbios de linguagem anteriores à escolarização;

  • Dificuldades narrativas;

  • Falhas na recepção e expressão da linguagem;

  • Alterações no processamento auditivo e/ou visual;

  • Desenvolvimento da aprendizagem comprometido desde os primeiros anos de vida;

  • Dificuldades espaciais e temporais;

  • Falta de organização e na utilização de funções metacognitivas;

  • Dificuldade na organização, planejamento e execução de atividades;

  • Dificuldade no raciocínio lógico matemático. 

      Observação: esses transtornos afetam o aprendizado da leitura, escrita e aritmética, comprometendo o desempenho acadêmico.

 

        Já na dislexia:

  • o processo de desenvolvimento inicial da criança não revela alterações e as dificuldades começam a surgir no aprendizado da leitura e escrita, desde o início do processo de alfabetização;

  • Dificuldades na correspondência som e letra;

  • Nível de leitura abaixo do esperado para a escolaridade;

  • Ausência de outras alterações que possam justificar as dificuldades;

  • Habilidades da linguagem oral preservadas, com o problema centrado na linguagem escrita;

  • Alguns aspectos podem estar comprometidos como os observados nos distúrbios de aprendizagem, como habilidades fonológicas, elaboração de narrativas, funções expressivas e no processamento de informações.

       

      A dislexia corresponde a um distúrbio de desenvolvimento da linguagem, marcado por um déficit no processamento fonológico, que seria responsável pelas dificuldades de decodificação e na correspondência entre letras e sons. As dificuldades de compreensão de textos, nesses casos, decorreriam das limitações de decodificação. Mas, quando esses mesmos textos são apresentados oralmente, poderiam ser compreendidos.

    Seria um tipo de distúrbio de leitura e escrita, saindo de uma dificuldade localizada no processamento fonológico e caminhando na direção de alterações mais gerais no desenvolvimento da linguagem.

        Porém, deve-se levar em consideração que as diferenciações podem representar um desafio na prática, principalmente por conta da sobreposição de problemas de desenvolvimento e aprendizagem e outros transtornos.

 

Bibliografia:

 

Imagem: https://autismodiario.org/2013/06/11/la-dislexia-y-el-autismo/

 

Texto: Problemas de leitura e escrita: dislexia e distúrbios de aprendizagem. In: Falando e escrevendo, desenvolvimento e distúrbios de linguagem ora e escrita. Zorzi, J. Curitiba: Editora Melo, 2010.

Please reload

Destaques

Atividades para estimulação da consciência fonológica

09/08/2016

1/3
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Procure por
Please reload

Siga a gente também...
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

RM 2014

Follow Us
  • Facebook Black Round